2020: o Brasil na Idade das trevas

O psicólogo e professor da UEPB, Nelson Aleixo da Silva Júnior, estará neste sábado em Natal para lançamento do seu primeiro livro, cuja ideia surgiu a partir da seguinte indagação: e se o presidente Bolsonaro tivesse força política para transformar suas vontades em realidade? Qual seria o impacto da pandemia no Brasil? Qual o destino…

Professor paraibano lança livro neste sábado 17 de dezembro as 16h na Cervejaria Resistência, em Ponta Negra.

O psicólogo e professor da UEPB, Nelson Aleixo da Silva Júnior, estará neste sábado em Natal para lançamento do seu primeiro livro, cuja ideia surgiu a partir da seguinte indagação: e se o presidente Bolsonaro tivesse força política para transformar suas vontades em realidade? Qual seria o impacto da pandemia no Brasil? Qual o destino da democracia?
Neste ensaio, escrito em sete capítulos, ele oferece aos leitores o panorama de um Brasil pandêmico que, aos poucos, foi sendo dirigido por ideologias negacionistas. Ele usou como referencial os estudos matemáticos desenvolvidos por mais de 40 cientistas do Imperial College de Londres, que estimaram a quantidade de vítimas fatais da pandemia caso o governo brasileiro não tomasse medidas efetivas para o enfrentamento da covid-19.

2020: o Brasil na idade das trevas, lançado pela editora Appris é uma distopia, porém, ancorado na realidade, onde é apresentada a história de um país cujo presidente aproveitou a pandemia da Covid-19 para impor suas ideias anticiência e seu neofascismo tupiniquim. Como consequência, os casos de contaminação e mortes por Covid-19 cresceram vertiginosamente, enquanto o país afundava na lama do autoritarismo. Este livro permite ao leitor, por um lado, entrar em um mundo distópico e sentir as dores de quem vive sob as botas do neofascismo, e, por outro, traz uma sensação de alívio pois a luta do povo brasileiro em 2020, em condições bastante adversas, impediu que as vontades de um candidato a déspota se tornassem realidade. No mais, a ficção do livro nos parece sintonizada com a realidade dos distúrbios promovidos pelos golpistas que ocupam a frente dos quartéis e promovem desordem Brasil afora, querendo impor uma ditadura militar.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *