A culpa é de Robinson: debate político no RN fica entre escolher o ruim e o pior

Analisar a política potiguar tem sido uma tarefa difícil, não apenas pelo nível de gincana que predomina no debate público como também pela escassez de dados e análises. Nos últimos quatro anos, toda a discussão acerca do desempenho do governo em nosso estado tem sido limitada a uma comparação rasa entre o atual governo e…

Analisar a política potiguar tem sido uma tarefa difícil, não apenas pelo nível de gincana que predomina no debate público como também pela escassez de dados e análises.

Nos últimos quatro anos, toda a discussão acerca do desempenho do governo em nosso estado tem sido limitada a uma comparação rasa entre o atual governo e o de seu predecessor, Robinson Faria.

A dobradinha Rosalba/Robinson conseguiu rebaixar os padrões políticos e administrativos do Rio Grande do Norte a patamares aquém das expectativas mais pessimistas. Hoje, nos contentamos em não estar ainda pior.

Para qualquer análise ou comentário que soe ligeiramente desfavorável à atual gestão, ouvimos sempre a mesma resposta: você prefere Robinson, o governador dos salários atrasados?

Rosalba e Robinson conseguiram o impensável, rebaixaram o praticamente inexistente nível do debate político no Rio Grande do Norte.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *