A justa e necessária meta de Lula 3 para seu 1º ano de governo

Governo Lula planeja reduzir a miséria no país e anunciar números simbólicos de progresso no segundo semestre. Segundo cálculos do Ministério do Desenvolvimento Social, cerca de 8,5 milhões de famílias, totalizando aproximadamente 20 milhões de pessoas, poderão ser retiradas dessa situação nos próximos meses.

O ministro Wellington Dias destaca que esse resultado é fruto da retomada do programa Bolsa Família, além dos novos benefícios previstos no programa reeditado por Lula. O programa atual prevê um valor mínimo de R$ 600 por família, além de R$ 150 por criança até 6 anos de idade e R$ 50 por criança ou adolescente.

De acordo com o governo, atualmente, estima-se que 62 milhões de pessoas vivam abaixo da linha da pobreza no país. O ministro Dias ressalta que, embora seja necessário combinar políticas sociais com geração de emprego e estímulo ao empreendedorismo para erradicar totalmente a pobreza, os números de redução do número de pobres serão utilizados por Lula para aumentar a pressão pela redução da taxa de juros.