A pobreza realmente caiu no Brasil?

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou um conjunto de dados dando conta que a extrema pobreza caiu em 2020. Os valores absolutos, contudo, parecem divergir da realidade vista e vivenciada dia a dia por milhares de brasileiros durante a pandemia de Covid-19. É notório que, com o auxílio emergencial, muitas famílias tiveram…

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou um conjunto de dados dando conta que a extrema pobreza caiu em 2020. Os valores absolutos, contudo, parecem divergir da realidade vista e vivenciada dia a dia por milhares de brasileiros durante a pandemia de Covid-19.

É notório que, com o auxílio emergencial, muitas famílias tiveram acesso a alguma renda, antes inexistente ou insuficiente. No entanto, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), indo noutra direção, apontou na época que o necessário para dar uma vida digna, com itens básicos para sobrevivência de uma família de quatro pessoas por um mês, o valor necessário esteve sempre acima de R$ 4.000,00.

Nesse período, também se viu o crescimento de brasileiros desabrigados e vivendo em moradias precárias, o aumento nos problemas de saúde e internação por desnutrição e desigualdades econômico-sociais sendo fatores determinantes no número de mortos por Covid. Os dados precisam ser interpretados e questionados, pois não expressam claramente o cenário trágico que o Brasil enfrentou durante a pandemia. Escolher um número isolado e estabelecer conclusões a partir dele, ignorando outras variáveis, é um dos maiores equívocos que se pode cometer ao se analisar uma pesquisa quantitativa.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *