Alexandre de Moraes dá 48 horas para Álvaro Dias dar respostas sobre liberação de vias ocupadas por manifestantes em Natal

Foto: redes sociais

O prefeito de Natal Álvaro Costa Dias foi intimado a se manifestar após o Ministério Público Estadual (MPE) afirmar que ele está descumprindo as ordens de desbloquear as vias da cidade onde ocorrem manifestações

A intimação partiu do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Manifestantes pela intervenção militar e contra o resultado da eleição de 30 de outubro ocupam a frente do 16 RI desde a proclamação do resultado.

Segundo o MPE, o prefeito teria se omitido diante da recomendação para que liberasse as vias ocupadas, no caso a avenida Hermes da Fonseca.

O despacho de Moraes diz: “Intime-se, com urgência, inclusive por meios eletrônicos, o Prefeito de Natal/RN, sobre a manifestação apresentada nos autos pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, para que, em 48 horas apresente as medidas concretas tomadas pela municipalidade, sob pena de responsabilidade”.

A recomendação do MPE envolvia tanto Prefeitura quanto Governo do Estado. O Governo do RN se manifestou tansferindo a responsabilidade para a Prefeitura, que, segundo relato enviado pelo MPE ao STF, não se pronunciou.