Allyson Bezerra é o plano B da oposição para evitar novo Wx0 em 2026

Prefeito de Mossoró mira a reeleição e planeja concorrer ao Governo do RN em 2026, com ex-senador José Agripino surgindo como articulador.

O atual prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, do partido União Brasil, traça uma estratégia ousada para sua carreira política. Buscando sua reeleição em 2024, ele já planeja um salto maior, com vistas ao Governo do Rio Grande do Norte em 2026.

As ações de Allyson parecem ser movidas por dois objetivos principais. Primeiro, ele deseja garantir sua reeleição em 2024. Segundo, ele está de olho no Governo do Estado para 2026. O prefeito deverá enfrentar a oposição da deputada estadual Isolda Dantas, do PT, na disputa pela reeleição; o que pode facilitar sua missão.

Já para 2026, o prefeito terá que superar desafios muitos maiores. Primeiro, sua gestão – embora bem avaliada na cidade – possui inúmeras fragilidades, sobretudo no enfrentamento aos problemas centrais da capital do Oeste.

Se o eleitorado mossoroense parece satisfeito com a redução da sangria e descaso que marcaram as gestões anteriores em sua cidade, o eleitorado por sua parte não parece se empolgar com os resultados modestos da atual gestão.

Nesse cenário de ambições e planos, entra a figura do ex-senador José Agripino Maia, atual presidente do União Brasil no RN. Recentemente, Agripino compartilhou em suas redes sociais imagens de uma reunião em Brasília, onde Allyson Bezerra esteve presente, sendo até o autor de uma das selfies compartilhadas.

Agripino tem se movimentado para criar um clima favorável a seu novo pupilo, sabendo que se deixar para a última hora novamente ocorrerá em 2026 o mesmo que aconteceu ano passado, a oposição será coadjuvante passiva nas eleições.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *