Audiência Pública discute combate à dengue com gestores na Câmara de Natal

O combate à dengue foi o tema da audiência pública realizada nesta quinta-feira (6) na Câmara Municipal de Natal. O objetivo do evento foi alertar, chamar atenção da população e também unir forças na realização de um grande dia D de combate efetivo da dengue na capital. A audiência pública foi requerida pelo vereador Luciano…

O combate à dengue foi o tema da audiência pública realizada nesta quinta-feira (6) na Câmara Municipal de Natal. O objetivo do evento foi alertar, chamar atenção da população e também unir forças na realização de um grande dia D de combate efetivo da dengue na capital.

A audiência pública foi requerida pelo vereador Luciano Nascimento (PTB), que também é o presidente da Comissão de Saúde, Previdência e de Assistência Social.

Um panorama atual com as medidas para conter a emergência decretada pela Prefeitura diante da alta dos casos na cidade foi apresentado. Os números da Secretaria Municipal de Saúde de Natal apontam 1.354 casos prováveis, de um total de 1.500 notificações desde a primeira semana epidemiológica de janeiro até o hoje.

“Uma das maiores reclamações que chegaram até as nossas redes sociais, em nosso gabinete, está relacionada a esse surto da dengue terrível que está acontecendo em Natal, no Rio Grande do Norte e no país. A Prefeitura, inclusive, já declarou estado de emergência, por isso precisávamos trazer esse assunto também para a Câmara Municipal com os órgãos competentes, as secretarias de Saúde do município, do Estado, a Urbana, entre outras, para que em conjunto possamos mostrar à população o que está sendo feito. Nesse sentido, através do nosso mandato e da Comissão de Saúde, propusermos que Natal possa fazer um grande Dia D em combate às arboviroses que está trazendo muito transtorno à saúde do natalense”, falou o vereador Luciano.

O chefe da Unidade de Vigilância em Saúde de Natal, Jan Pierre Martins, fez um panorama atual do município, destacando os quatro vírus que circulam no município. “São registrados 1.354 casos prováveis, de um total de 1.500 notificações aqui no nosso território, desde a primeira semana epidemiológica de janeiro até o hoje. Dessas notificações, 91% é de dengue. Além da circulação de Chikungunya 1 e zika vírus. Então, nós temos aí quatro vírus, pelo menos de arboviroses, circulando em Natal. Estamos falando de uma população e uma vacinação que atingiu até agora só 15% do público alvo, isso também preocupa”, destacou.

O encontro reuniu representantes do município e do estado com a presença da Secretária Adjunta de Saúde de Natal, Rayanne Araújo; o secretário da SEMURB, Thiago Mesquita; o diretor de planejamento da URBANA, Gustavo Tonelli; da Coordenadora de Vigilância em Saúde da SESAP-RN, Diana Rego.

O vereador Peixoto (PTB) também participou.

Texto: Phablo Galvão
Fotos: Francisco de Assis


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *