Blog do Bispo: Chegou a hora de a Zona Norte ter um vice-prefeito

Ao abordar o debate sobre a sucessão municipal em Natal, o Blog do Bispo, escrito pelo competente Jefferson Sterfeno, destacou a importância de proporcionar uma representatividade adequada à Zona Norte da cidade, a maior região administrativa com mais de 400 mil habitantes. Para Jefferson, chegou a hora de a Zona Norte ter um vice-prefeito. Ao…

Ao abordar o debate sobre a sucessão municipal em Natal, o Blog do Bispo, escrito pelo competente Jefferson Sterfeno, destacou a importância de proporcionar uma representatividade adequada à Zona Norte da cidade, a maior região administrativa com mais de 400 mil habitantes. Para Jefferson, chegou a hora de a Zona Norte ter um vice-prefeito.

Ao longo dos anos, a região teve diversos pretendentes a representantes principais: o ex-vereador Luiz Almir, eleito em 1996 e que quase se tornou prefeito em 2004; em 2005, a então vice-prefeita Micarla de Souza instalou seu gabinete na Zona Norte, cumprindo uma promessa de campanha.

Nas últimas eleições municipais, a Zona Norte elegeu cinco vereadores, demonstrando sua crescente representatividade na Casa Legislativa. Além disso, conta com duas deputadas estaduais entre seus representantes.

Diante dos problemas estruturais e das promessas não cumpridas na região, Jefferson destaca a importância de ter um vice-prefeito que possa focar nas necessidades da Zona Norte.

Problemas como transporte insuficiente, falta de infraestrutura na Avenida das Fronteiras e deficiências na área da saúde e educação são alguns dos desafios enfrentados por essa região que experimentou um crescimento significativo nas últimas décadas.

Considerando que, se fosse uma cidade independente, a Zona Norte seria a segunda maior do estado, a necessidade de representatividade torna-se ainda mais justa e relevante para esse povo sofrido que espera por ações do poder público.

Leia o artigo completo de Jefferson Sterfeno aqui, no Blog do Bispo.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *