Bolsonaristas fazem agora ato por impeachment de Lula, em Natal

Grupos bolsonaristas da capital potiguar estão se reunindo neste momento no Largo do Atheneu para exigir a cassação do mandato do presidente Lula (PT).

Coronel Hélio, organizador do movimento, alega que há motivos políticos, sociais e criminais para o pedido de impeachment. “Nós temos que vir às ruas para poder ajudar ao Parlamento a botar pra fora esse descondenado. O Brasil está afundando na economia, na segurança, na questão fundamental da saúde. Nós não podemos permitir que um ladrão governe um país do tamanho do Brasil”, declarou ao Blog do Girotto.


Coronel Hélio organiza ato pelo impeachment de Lula e alega envolvimento de petista em plano para assassinar senador Sérgio Moro.


Perguntado sobre a motivação que poderia justificar um pedido de impeachment do presidente, Coronel Hélio alegou que haveria envolvimento do Partido dos Trabalhadores nos planos de ataque contra o senador Sérgio Moro (UB). “Uma formação de quadrilha para mandar matar o senador Sérgio Moro, junto com o vice-presidente da República. Desmascarado pela Polícia Federal e pelo Ministério Federal, onde, ao final, ele [Lula] declarou que era tudo armação de Lula”.

Embora Lula realmente tenha insinuado que os planos para o assassinato de Moro fossem uma armação, não foram tornados públicos quaisquer indícios de envolvimento do presidente ou de petistas no planejamento dos crimes.

O ato, que ocorre neste instante, também acusa o atual governo de ampliar o desemprego e a inflação, além de alegar o retorno da corrupção em âmbito federal.