Brasileira desaparecida em Israel é confirmada como vítima de ataque do Hamas

É a segunda vítima brasileira no conflito que já custou milhares de vidas.

Há pouco, a família de Bruna Valeanu, brasileira de 24 anos que estava desaparecida desde sábado (7) em Israel, confirmou sua morte. Ela era uma das vítimas do ataque do grupo Hamas a uma rave, onde também perdeu a vida o gaúcho Ranani Glazer, igualmente com 24 anos.

O anúncio do falecimento de Bruna foi feito ao portal G1 por sua irmã mais velha, Florica Valeanu, que também reside em Israel. A cerimônia fúnebre está marcada para a noite de hoje.

Bruna, originalmente do Rio de Janeiro, havia se mudado para Israel em 2015. Ela escolheu a cidade de Petah Tikva como sua nova residência e estava cursando comunicação na prestigiada Universidade de Tel Aviv.

O ataque, que pegou de surpresa os participantes da festa de música eletrônica, foi registrado em um vídeo que circula nas redes sociais. As imagens mostram o momento aterrorizante em que os frequentadores da rave correm pelo deserto, tentando escapar dos ataques do Hamas.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *