Em poucas semanas, Fátima Bezerra já mostra o que será seu 2º mandato

Não é apenas nas campanhas que o fôlego da governadora Fátima Bezerra (PT) parece interminável. Em seis semanas de governo, a gestora já lançou as bases de projetos decisivos para seu 2º mandato, mostrando grande capacidade de articulação. É fato que estados vizinhos ao Rio Grande do Norte souberam aproveitar bem melhor as oportunidades de…

Não é apenas nas campanhas que o fôlego da governadora Fátima Bezerra (PT) parece interminável. Em seis semanas de governo, a gestora já lançou as bases de projetos decisivos para seu 2º mandato, mostrando grande capacidade de articulação.

É fato que estados vizinhos ao Rio Grande do Norte souberam aproveitar bem melhor as oportunidades de desenvolvimento geradas pelos investimentos federais nos governos Lula. Paraíba e Ceará deram aula aos potiguares de como captar e aplicar recursos em ações de resultados duradouros.

Penalizados por sucessivos governos desastrosos, os norte-riograndenses veem agora uma nova atitude. Enquanto o Governo Federal ainda se estrutura e consolida suas bases, Fátima Bezerra já provou o porquê de ter sido considerada uma senadora dentre as mais influentes do país. Está usando todo seu capital político para dar andamento a projetos que devem transformar a economia potiguar, com fortes impactos na geração de emprego e no reequilíbrio das contas públicas.

A governadora vem agindo simultaneamente em diversas frentes. Se por um lado foi decisiva na relicitação em curso do Aeroporto de São Gonçalo, na mesma agenda conseguiu firmar compromissos importantes para as áreas do turismo e infraestrutura rodoviária.

Infraestrutura que, aliás, parece ser seu foco no momento. Aeroporto, rodovias estaduais e o ambicioso projeto de implantação do Porto-Indústria Verde, no município de Caiçara do Norte.

A logística de escoamento da produção de mercadorias tem sido negligenciada por sucessivos governos, se tornando um dos gargalos centrais para o progresso econômico do RN.

Isso tudo sem citar sua ação decisiva na revisão da política de desinvestimentos da Petrobras no estado. Sabe-se que esse era compromisso de Lula com sua companheira de primeira hora.

Mais que ações de curto prazo visando a aumentar a sua popularidade, Fátima mostra que em seu 2º mandato pretende deixar ao RN um legado duradouro, fincando as bases de uma nova fase nas políticas públicas em nosso estado. Estamos a caminho de retomar um curso que talvez tenha sido interrompido nos longínquos tempos do governador Cortez Pereira, que há 19 anos nos deixou.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *