Equipe do Censo Previdenciário 2024 realiza atendimentos em domicílio

Uma equipe do Censo Previdenciário 2024, da Prefeitura de Natal, está realizando atendimentos a servidores municipais incapazes de se deslocarem até os postos de atendimento do recenseamento, na zona Leste da capital.

Uma equipe do Censo Previdenciário 2024, da Prefeitura de Natal, está realizando atendimentos a servidores municipais incapazes de se deslocarem até os postos de atendimento do recenseamento, na zona Leste da capital.

O atendimento domiciliar visa favorecer os servidores e segurados impossibilitados por motivo de doença de se deslocarem de seus lares para realizar o censo de forma presencial, até sexta-feira (23), nos polos de atendimento do censo na Secretaria Municipal de Administração (Semad), na Cidade Alta; sede do NatalPrev, no bairro Petrópolis; Centro Municipal de Referência em Educação (Cemure), no bairro de Nazaré, zona Oeste; Ginásio Nélio Dias, na zona Norte, e na  Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no bairro Petrópolis.

O primeiro recenseamento em domicílio desta terça-feira (20) foi feito no condomínio Chácara 402. Lá mora o servidor Luiz Alberto Bezerra Ferreira de Souza, de 72 anos, lotado na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo. Seu Luiz Alberto ingressou na Prefeitura em 1º de maio de 1985, por meio do antigo Iplanat. De licença-prêmio, conta que deu entrada na aposentadoria em 09 de novembro de 2023.

O engenheiro civil e ex-chefe da Fiscalização Urbanística da Semurb agendou o recenseamento em domicílio por estar impossibilitado de se locomover. Ele é doente renal crônico e está com um problema na perna que dificulta a sua mobilidade. “Faço hemodiálise três vezes por semana durante quatro horas. Do contrário, morreria. A hemodiálise mudou a minha vida”, observa o servidor.  

Outro recenseamento ocorreu na rua Jaguarari, no bairro Barro Vermelho, onde mora a aposentada Maria da Conceição de Morais Rodrigues, de 65 anos, ex-servidora da Secretaria Municipal de Tributação. Com dificuldade de se locomover por conta de um problema na perna, a irmã de dona Maria da Conceição foi quem agendou o seu recenseamento: “Comecei a fazer pilates, mas deixei. Aqui na rua tem duas academias”.

Ela conta que trabalhou durante 35 anos na Semut, antiga Secretaria Municipal de Finanças: “Ingressei na Prefeitura em 12 de maio de 1982. Eu gostava do meu trabalho. Conhecia todo mundo na Tributação e muita gente na Prefeitura. Eu gostava de lá. Saía da secretaria à noite. O trabalho acrescentou muito para mim em termos de conhecimento. A vida de aposentada não estou gostando muito não. Sinto falta das amizades. Vou perguntar se ainda me querem de volta ao emprego”, brinca.

A equipe também se deslocou até o Hospital São Lucas, no bairro do Tirol, para fazer o censo da servidora municipal Maria de Fátima do Nascimento, que está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ela também apresenta quadro renal.

De acordo com a recenseadora Ana Karina da Costa, os primeiros atendimentos foram realizados na última sexta-feira (16). Ela ressaltou que o sistema é prático e as pessoas recebem a equipe com cortesia. “É um trabalho prazeroso. As pessoas que eu recenseei realmente não têm condições de se deslocar até os postos de atendimento”, comentou.  A equipe de recenseamento, que conta com uma assistente social do Natalprev, Rose Silva de Oliveira Mendonça, ainda fez mais dois atendimentos em domicílio. Um no bairro do Alecrim e o outro em Mãe Luiza.

O Censo do servidor público municipal, em Natal, vai ser realizado até esta sexta-feira (23), assim como o atendimento domiciliar, mas as duas formas têm que ser previamente agendadas.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *