Eraldo Paiva confirma que disputará reeleição em São Gonçalo

Em entrevista ao Jornal da Manhã Natal, da Jovem Pan News (93,5 FM), o prefeito Eraldo Paiva falou sobre questões administrativas e também de seus projetos políticos. Para ele, a eleição ainda está muito distante e o momento de seguir trabalhando pelas metas da gstão. Mas, perguntado sobre seus planos não se esquivou: confirmou que…

Em entrevista ao Jornal da Manhã Natal, da Jovem Pan News (93,5 FM), o prefeito Eraldo Paiva falou sobre questões administrativas e também de seus projetos políticos. Para ele, a eleição ainda está muito distante e o momento de seguir trabalhando pelas metas da gstão. Mas, perguntado sobre seus planos não se esquivou: confirmou que as conversas políticas existem e que ele estará na disputa.

Eraldo destacou ainda que o apoio de Jaime Calado e seu grupo seria um gesto de retribuição ao petista, que historicamente tem sido um aliado político do ex-prefeito, a quem apoiou desde 2004, quando Calado foi derrotado. “Ficamos na oposição e depois apoiei em 2008, quando foi eleito e apoiei a sua reeleição em 2012”, afirmou o prefeito. Ele ainda relembrou que foi convidado para ser o vice de Paulo Emidio, trazido por Jaime Calado, para 2016, “e em 2108 apoiei Zenaide Maia para o senado, repetindo a chapa de prefeito em 2020”. “E apoiei para deputado federal”, reforçou.

O prefeito adiantou que espera agora a retribuição. “Tanto tempo apoiando ele, agora tem de retribuir, pelo menos uma vez, já que ele não me apoiou quando fui candidato a deputado estadual e nem para federal, e até entendi”, afirmou.

O questionamento sobre o apoio de Jaime Calado surgiu porque o ex-prefeito é um dos cotados para entrar na disputa, já que não conseguiu a eleição para deputado federal em 2022.

Além da questão política, o prefeito também falou sobre a licitação para construção da Ponte dos Mártires, equipamento de mobilidade urbana que ligará a zona Oeste de Natal até a região de Uruaçu, em São Gonçalo do Amarante. Eraldo Paiva declarou que a licitação tem previsão de ser finalizada em até 50 dias e destacou que a ponte é importante porque também liga Natal ao Aeroporto de São Gonçalo.

Para arcar com os custos da ponte, serão utilizados recursos de contrapartida da Prefeitura e do Ministério de Desenvolvimento Regional. A obra terá R$ 38 milhões desses recursos e a Prefeitura usará R$ 46 milhões.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *