Eraldo Paiva desenvolve integração da segurança pública em São Gonçalo; queda nos índices de violência reforçam experiência

O fortalecimento das políticas municipais voltadas à segurança pública, integradas com as de âmbito estadual, tem dado a tônica da visão da gestão do prefeito Eraldo Paiva para o setor em São Gonçalo do Amarante. Combinando investimentos em equipamentos e qualificação com o reforço e valorização do efetivo da guarda municipal, a prefeitura conseguiu alcançar…

O fortalecimento das políticas municipais voltadas à segurança pública, integradas com as de âmbito estadual, tem dado a tônica da visão da gestão do prefeito Eraldo Paiva para o setor em São Gonçalo do Amarante.

Combinando investimentos em equipamentos e qualificação com o reforço e valorização do efetivo da guarda municipal, a prefeitura conseguiu alcançar expressivos progressos na cidade, melhorando o bem estar e a proteção à população.

Como resultado dessa nova visão, a cidade de São Gonçalo teve uma forte queda de 28% no número de mortes violentas no primeiro semestre deste ano. Isso em comparação com o mesmo período de 2022. Os dados foram recentemente divulgados pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE), da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED).

Segundo Eraldo, “queremos avançar ainda mais na garantia de segurança a nossa população. E para isso daremos continuidade ao trabalho de valorização de nossa guarda municipal, tanto nno cuidado com nossos servidores quanto em novos investimentos estruturais”.

A gestão de Eraldo promoveu o aumento de 50% no valor do auxílio alimentação, a entrega de novos equipamentos, melhorias estruturais no alojamento da Guarda, discussão do Plano de Cargos e equiparação da Diária operacional dos GMs a da PMRN.

A prefeitura considera que tais melhorias já mostraram sua eficiência e que precisam ser reforçadas. São Gonçalo segue dando exemplo de gestão, com busca por soluções modernas e integradas que melhorem os serviços prestados à população.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *