Escalada do conflito? Israel alerta cidadãos a deixarem Egito e Jordânia devido a aumento de tensões na região

O governo de Israel emitiu um comunicado neste sábado, 21 de outubro, pedindo a seus cidadãos que deixem “imediatamente” o Egito e a Jordânia e evitem viajar para países da região. A recomendação surge em meio à escalada de tensões no Oriente Médio, principalmente devido ao conflito em curso na região. O comunicado oficial, publicado…

O governo de Israel emitiu um comunicado neste sábado, 21 de outubro, pedindo a seus cidadãos que deixem “imediatamente” o Egito e a Jordânia e evitem viajar para países da região. A recomendação surge em meio à escalada de tensões no Oriente Médio, principalmente devido ao conflito em curso na região.

O comunicado oficial, publicado no X (antigo Twitter), ressaltou que o governo israelense observou um “aumento significativo nos protestos anti-Israel” em “países de todo o mundo e, em particular, nas nações árabes” do Oriente Médio. O Conselho de Segurança Nacional de Israel elevou o nível de alerta de viagem para o Egito, incluindo a península do Sinai, e para a Jordânia, classificando ambos os destinos como nível 4, o que representa um alto nível de ameaça.

Por ora, não se trata de uma expansão dos terrenos do conflito, mas o clima político na região está cada vez mais tenso, com reais possibilidades de envolvimento direto do Líbano.

As recentes declarações do governo de Israel, de que a guerra perdurará até o “fim do terrorismo” em Gaza indicam que a situação no Oriente Médio poderá se agravar nas próximas semanas.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *