Está difícil parir no RN

Um problema que vem persistindo e reproduzindo ao longo dos anos no RN é o da insuficiência de nossa rede de maternidades públicas.

Com falta de profissionais, estrutura defasada e diversos outros problemas administrativos e técnicos, as maternidades públicas do estado penam para atender à população.

Os problemas se agravam quando há maior complexidade envolvida nos procedimentos. Lemos semanalmente na imprensa sobre gestantes em trabalho de parto que precisam ser deslocadas de um ponto a outro, e muitas vezes não conseguem o atendimento adequado.

Muitos pacientes. Poucos leitos e profissionais.

Quando se trata de serviços públicos, a expansão e melhoria dependem, claro, de investimentos. Os recursos são limitados e as prioridades debatidas num sem fim de audiências e reuniões.

Alheias aos melindres das políticas fiscal e orçamentária, muitas nossas futuras mães vão descobrindo da forma mais sofrida que no RN está difícil parir.