Estremecidas as relações entre Fátima e Carlos Eduardo?

Aparecendo nas pesquisas como principal oponente do atual prefeito Álvaro Dias (REP) e tendo sido 4 vezes prefeito da capital, Carlos Eduardo (PDT) tem legitimidade para pleitear um lugar na disputa pela Prefeitura em 2024. O grande problema do pedetista está na formação de base de apoio. Carlos se afastou da direita ao aceitar o…

Aparecendo nas pesquisas como principal oponente do atual prefeito Álvaro Dias (REP) e tendo sido 4 vezes prefeito da capital, Carlos Eduardo (PDT) tem legitimidade para pleitear um lugar na disputa pela Prefeitura em 2024.

O grande problema do pedetista está na formação de base de apoio. Carlos se afastou da direita ao aceitar o convite de Fátima para fazer a dobradinha nas eleições de 2022, concorrendo ao Senado.

O apoio petista não foi o bastante para derrotar Rogério Marinho (PL), e agora Carlos precisa se reinventar politicamente para se manter vivo no pouco sensível jogo político-eleitoral.

Ocorre que a manifestação de Natália Bonavides (PT) de que deverá disputar a eleição do ano que vem foi recebida com entusiasmo pela militância petista. A avaliação de alguns dirigentes é de que a candidatura da deputada federal interessa à governadora Fátima Bezerra, que mantém no horizonte a possibilidade de disputar o Senado em 2026.

E 2026 passa por 2024, como diz o sábio clichê. Natália prefeita abre mais espaços para a composição da chapa petista na sucessão de Fátima, possibilitando incluir no projeto aliados como Walter Alves e Ezequiel Ferreira.

O Blog do Girotto obteve confirmação acerca da reunião entre Carlos e Fátima que foi noticiada pela imprensa. Na conversa, segundo nossas fontes, o ex-prefeito se mostrou descontente com as moviemntações petistas, sobretudo por não ter sido consultado. Fátima, segundo nos disseram, apenas ponderou que ainda é cedo e que ela própria está avaliando o cenário.

O fato é que Carlos apostou todas as suas fichas na reaproximação com a esquerda, após ter apoiado Bolsonaro no 2º turno em 2018, numa tentativa de derrotar Fátima na eleição ao Governo.

Hoje, Carlos está de certa forma dependente de Fátima, que foi sua fiadora na aliança do ano passado. Como a governadora pretende inserir Carlos em seus futuros planos ainda não sabemos. Mas certamente se trata de um movimento que terá grandes repercussões em 2024.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *