Estudantes terão que se cadastrar para usar meia-passagem intermunicipal

A partir de hoje (21), passa a ser obrigatório o cadastramento das carteiras estudantis para garantir o direito à meia-passagem intermunicipal. A Associação das Empresas de Transporte Intermunicipais de Passageiros do RN (Transpasse) implementará a obrigatoriedade de cadastro para os estudantes que desejam usufruir da meia-passagem intermunicipal no Rio Grande do Norte. Segundo a entidade,…

A partir de hoje (21), passa a ser obrigatório o cadastramento das carteiras estudantis para garantir o direito à meia-passagem intermunicipal.

A Associação das Empresas de Transporte Intermunicipais de Passageiros do RN (Transpasse) implementará a obrigatoriedade de cadastro para os estudantes que desejam usufruir da meia-passagem intermunicipal no Rio Grande do Norte. Segundo a entidade, a iniciativa visa combater o uso de carteiras de estudantes falsificadas.

A Transpasse alega uma crescente preocupação com a utilização indevida de carteiras estudantis, permitindo que algumas pessoas façam uso de carteiras falsas ou adquiram o benefício sem atender aos requisitos exigidos.

Para garantir o direito à meia passagem, os estudantes devem realizar o cadastramento de suas carteiras estudantis junto à agência da Transpasse na Rodoviária de Natal ou nas empresas associadas (Cabral, Jardinense, Alves, Riograndense e Nordeste) localizadas nos municípios do interior.

Os documentos necessários incluem a carteira de estudante do ano de 2023, declaração de matrícula emitida em até 30 dias e documentos oficiais de identificação, como RG e CPF.

Além disso, para terem suas carteiras aceitas no transporte, os estudantes devem assegurar que foram emitidas por entidades estudantis devidamente homologadas pelo Conselho Estadual Administrativo da Meia-Passagem Estudantil (CAMPE).

Há requisitos adicionais a serem cumpridos, tais como o estudante estar matriculado em instituição sediada no Rio Grande do Norte ou que possua polo de ensino no estado.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *