Fátima apresenta projeto do Porto-Indústria Verde a Geraldo Alckmin

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), se reuniu ontem (17) com o presidente em exercício e ministro da Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, em Brasília. O objetivo do encontro foi apresentar o projeto do Porto-Indústria Verde e discutir a possibilidade de instalação de uma fábrica de maquinário agrícola na região Nordeste.

Durante a reunião, Fátima Bezerra entregou a Alckmin um resumo do projeto do Porto-Indústria Verde e solicitou o apoio do governo federal para sua concretização. A governadora ressaltou a importância desse empreendimento para a transformação da economia do Rio Grande do Norte, do Nordeste e do Brasil, destacando a necessidade de uma mudança para uma economia verde e sustentável.

“A mudança da matriz energética e de toda a cadeia industrial para uma economia verde é imperativa. O mundo precisa disso, e o Rio Grande do Norte será pioneiro nessa mudança”, afirmou Fátima Bezerra durante o encontro.

Além do projeto do Porto-Indústria Verde, também foi discutida a possibilidade de instalação de uma fábrica de equipamentos agrícolas adaptada à realidade da agricultura familiar na região nordestina. O governo do estado tem interesse em que essa fábrica seja instalada no Rio Grande do Norte.

No mês de abril, a governadora e o secretário do Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar, Alexandre Lima, representaram os estados nordestinos em uma agenda voltada para a agricultura familiar durante a Missão Oficial do Brasil à China. Durante as visitas às fábricas na China, iniciou-se um diálogo sobre a possibilidade de instalação de uma fábrica na região Nordeste, com a utilização de aproximadamente 80% de peças e insumos fabricados no Brasil.

Além dos projetos mencionados, a governadora aproveitou a reunião para solicitar apoio na finalização do processo de autorização de exportação do camarão “Vanamei” para a China.

A governadora Fátima Bezerra busca parcerias e apoio do governo federal para impulsionar o desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte.