Gabarito de concurso da Câmara Municipal de Natal gera polêmica ao ter apenas a letra A como resposta correta

A Funcern, responsável pela organização do novo concurso público da Câmara Municipal de Natal, divulgou na segunda-feira que o gabarito preliminar da prova para o cargo de “Assistente Geral – Analista Legislativo” continha apenas a letra A como resposta correta para as 20 questões. As provas foram realizadas no domingo e o concurso oferece um…

A Funcern, responsável pela organização do novo concurso público da Câmara Municipal de Natal, divulgou na segunda-feira que o gabarito preliminar da prova para o cargo de “Assistente Geral – Analista Legislativo” continha apenas a letra A como resposta correta para as 20 questões.

As provas foram realizadas no domingo e o concurso oferece um total de 46 vagas para os cargos de Técnico Legislativo e Assistente Legislativo, com requisitos de ensino médio e superior, e salários variando de R$ 1.916,15 a R$ 2.949,80.

A prova para “Assistente Geral – Analista Legislativo” consistia em 40 questões de múltipla escolha, sendo 10 de Língua Portuguesa, 10 de Lógica e 20 de Conhecimentos Específicos. Foi nessa última prova que todas as respostas corretas eram a letra A. Esse cargo possui 12 vagas disponíveis no concurso.

O fato inusitado gerou confusão entre os candidatos, que expressaram sua insatisfação nas redes sociais. Muitos questionaram a possibilidade de candidatos que marcaram aleatoriamente a letra A terem sido favorecidos em detrimento daqueles que realmente estudaram para a prova.

O presidente da Câmara, Eriko Jácome (MDB), manifestou repúdio ao erro e ressaltou a importância da transparência e credibilidade no concurso público. Ele declarou que estão dispostos a cancelar as provas a fim de garantir um processo seletivo sério e confiável.

A Câmara Municipal anunciou que fará uma reunião para tratar do assunto, contando com a presença do Ministério Público, Comissão de Fiscalização do Certame, Procuradoria da Casa e representantes da Funcern. A instituição reforçou seu compromisso em garantir a transparência do processo seletivo e afirmou que adotará as medidas necessárias para solucionar a situação e evitar prejuízos aos candidatos.

A Funcern informou que se pronunciará oficialmente após entrar em contato com a Câmara Municipal.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *