Golpistas desmobilizam atos após decisão do STF

As ilusões e irresponsabilidade do grupo alimentado, por tanto tempo, por políticos bolsonaristas continuam regendo o ímpeto de grupos extremistas que pedem por intervenção militar e contestam, ainda, a legitimidade do processo eleitoral de 2022. Mesmo com as proibições, dispersão de acampamentos e prisão de criminosos em Brasília, mais atos golpistas foram convocados para a…

As ilusões e irresponsabilidade do grupo alimentado, por tanto tempo, por políticos bolsonaristas continuam regendo o ímpeto de grupos extremistas que pedem por intervenção militar e contestam, ainda, a legitimidade do processo eleitoral de 2022.

Mesmo com as proibições, dispersão de acampamentos e prisão de criminosos em Brasília, mais atos golpistas foram convocados para a noite desta quarta. O chamado era para “destituir imediatamente os Três Poderes, com uso de força armada se necessário for”.

Os pobres iludidos demonstram uma ignorância tão grande que são incapazes de reconhecer que estão isolados e enfraquecidos. São dignos apenas de pena e repúdio.

A resposta não tardou dessa vez: o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decretou multa e prisão para quem descumprisse as ordens de não realizar atos com intervenção no trânsito ou prédios públicos. Com isso, os próprios bolsonaristas deram para trás e cancelaram os atos. Entramos agora num estágio patético.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *