Granada? Entenda como foi o atentado ao Batalhão da Polícia Militar em Natal

A polícia confirmou que o artefato lançado no teto de um batalhão da polícia realmente era uma granada. O atentado ocorreu na noite desta sexta-feira (24), contra o 1° Batalhão da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, localizado no bairro das Rocas. Segundo informações da Polícia Militar, o artefato foi jogado no teto do…

A polícia confirmou que o artefato lançado no teto de um batalhão da polícia realmente era uma granada. O atentado ocorreu na noite desta sexta-feira (24), contra o 1° Batalhão da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, localizado no bairro das Rocas. Segundo informações da Polícia Militar, o artefato foi jogado no teto do alojamento feminino e uma bomba-rojão foi jogada por trás do alojamento dos sargentos.

A granada não explodiu e não houve danos à estrutura do prédio. Após a detecção do objeto, uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi chamada ao local para averiguar o artefato, removê-lo e desativá-lo. Durante a detonação, p vidro de um dos alojamentos foi quebrado.

A Polícia Militar fez uma ronda ostensiva pela região em busca de suspeitos, mas não houve atualização a respeito de prisões. A Polícia Civil investiga o caso.

A Zona Leste da capital vem sendo alvo de frequentes ações criminosas atribuídas a facções que estariam a pressionar as autoridades.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *