Jean Paul faz golaço ao acabar com paridade do preço do petróleo

Segundo informações obtidas pela CNN junto a fontes diretamente envolvidas, a Petrobras deverá anunciar o fim da política de paridade de importação (PPI) para os preços do diesel e da gasolina. O comunicado oficial está previsto para ser divulgado hoje (16).

Seria um gol de placa, verdadeiro marco da gestão do potiguar Jean Paul à frente da Petrobras.

A política de paridade de importação foi implementada durante o governo de Michel Temer (MDB) e tem como objetivo alinhar os preços praticados no mercado interno aos preços internacionais.

De acordo com a reportagem, a PPI será substituída por uma nova política que levará em consideração não apenas os preços internacionais como referência, mas também os custos locais de produção e as margens de refino em cada região do país. O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, destacou em um evento recente que não existe um preço de referência único para todo o Brasil, uma vez que o mercado brasileiro apresenta particularidades, com vários importadores.

No último domingo (14), a Petrobras divulgou um comunicado ao mercado informando que estava discutindo alterações em sua política de preço para o diesel e a gasolina, que seriam analisadas pela diretoria executiva da companhia no início da semana e poderiam resultar em uma nova estratégia comercial.