Jogos do Brasileirão sob suspeita de manipulação de resultados; veja quais

O Ministério Público de Goiás (MPGO) denunciou que seis jogos da Série A do Campeonato Brasileiro estão sendo investigados por suspeita de manipulação de resultados. A Operação Penalidade Máxima II descobriu que apostadores ofereceram cerca de R$ 50 mil por atleta para que jogadores participassem do esquema.

Nos Campeonatos Estaduais, os valores oferecidos foram entre R$ 70 mil e R$ 100 mil por atleta. Segundo o MPGO, não há nada que ligue os clubes aos atos investigados, apenas os atletas e apostadores.

Juventude x Palmeiras está na lista de jogos supostamente manipulados. Foto: reprodução

Os jogos investigados na Série A são: Santos x Avaí, Red Bull Bragantino x América-MG, Goiás x Juventude, Cuiabá x Palmeiras, Santos x Botafogo e Juventude x Palmeiras. O MPGO realizou 20 mandados de busca e apreensão em vários estados do país e prendeu três suspeitos.

Além disso, outros jogos suspeitos foram descobertos nos Campeonatos Estaduais, incluindo um jogo entre Goiás e Goiânia pelo Campeonato Goiano em que mais de um jogador do Goiânia teria assegurado a derrota parcial da equipe no primeiro tempo. Também foram investigados jogos no Campeonato Gaúcho, Campeonato Mato-grossense e Campeonato Paulista.

O MPGO não divulgou nenhum nome de jogador ou apostador envolvido nos esquemas de manipulação de resultados. Um atleta confessou ter participado do confronto entre Palmeiras e Juventude, pela Série A, em 10 de setembro. A motivação teria sido um cartão amarelo, e a quantia envolvida por jogador girava em torno de R$ 50 mil para cada cartão amarelo recebido.