Lula poderá indicar até 3 novos membros do STF

São certas as aposentadorias de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já no próximo ano. Ricardo Lewandowski irá se aposentar em maio, enquanto Rosa Weber deixará o Tribunal em outubro. Lula tem garantidas, portanto, duas indicações para o STF em seu terceiro mandato presidencial. Mas recentes polêmicas trouxeram à tona a possibilidade de uma terceira…

Foto: EBC

São certas as aposentadorias de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já no próximo ano. Ricardo Lewandowski irá se aposentar em maio, enquanto Rosa Weber deixará o Tribunal em outubro.

Lula tem garantidas, portanto, duas indicações para o STF em seu terceiro mandato presidencial.

Mas recentes polêmicas trouxeram à tona a possibilidade de uma terceira vaga ser aberta no STF. Seria a vaga hoje ocupada pelo ministro Luís Roberto Barroso.

Barroso teria comunicado a amigos que pretende se aposentar do Tribunal após sua passagem pela presidência, que ocorrerá com a aposentadoria da atual presidente Rosa Weber, em outubro próximo.

Caso confirme as informações, Barroso anteciparia sua aposentadoria para outubro de 2025, ainda sob a presidência de Lula.

Barroso, contudo, desmentiu publicamente a informação, declarando que ainda não tomou qualquer decisão sobre o assunto.

O mandato do ministro se estende até março de 2033, quando completa 75 anos. Abriria mão, dessa forma, de 8 anos numa das 11 cadeiras do STF. Um motivo para desconfiar de que a intenção seja real.

A tradição política de nosso Judiciário nos aconselha, no entanto, a não descartar a possibilidade. A decisão de Barroso sobre antecipar ou não sua aposentadoria pode envolver o contexto político em 2025 e os acordos costurados para sua sucessão. Não nos surpreenderia se isso acontecesse.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *