Manifestações que questionam eleições persistem em Natal

Ontem, 15, mais uma vez centenas de pessoas se reuniram em frente ao 16 RI, em Natal, para protestar contra o resultado da eleição presidencial de 30 de outubro. Muitos dos manifestantes pedem intervenção militar no país, embora a pauta não seja consenso entre todos os presentes. Um manifestante que pediu anonimato declarou que “só…

Foto: redes sociais

Ontem, 15, mais uma vez centenas de pessoas se reuniram em frente ao 16 RI, em Natal, para protestar contra o resultado da eleição presidencial de 30 de outubro.

Muitos dos manifestantes pedem intervenção militar no país, embora a pauta não seja consenso entre todos os presentes.

Um manifestante que pediu anonimato declarou que “só as Forças Armadas têm hoje condições de restaurar a democracia e a moralidade no Brasil”.

Questionado sobre as constantes manifestações das Forças Armadas de que não irão intervir no processo sucessório, o manifestante disse apenas que “estão esperando”.

Circulou ontem a notícia de que o Partido Liberal (PL) iria questionar os resultado das eleições. A notícia, que saiu no Antagonista, impulsionou as esperanças das pessoas que desejam anular o pleito que concedeu a Lula seu terceiro mandato presidencial.

Já no dia de hoje, o presidente do PL Valdemar da Costa Neto desmentiu as informações, o que não pareceu desanimar os ativistas pró-Bolsonaro.

Eles acreditam que o ocorre no momento é um jogo de cena, em que o presidente Bolsonaro evita cometer atos que o comprometam, enquanto aguarda mais provas sobre as supostas fraudes no processo eleitoral.

Enquanto as provas não chegam, os manifestantes seguem se mobilizando. Não há qualquer sinal de que irão desistir até o dia 1º de janeiro, quando Lula tomará posse.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *