Mercado parece que só surta quando o assunto é pobre

Após os maiores atos de terrorismo já praticados contra as sedes das principais instituições políticas do Brasil, e mesmo com a atenção do mundo inteiro para o caso, o mercado parece que não se preocupou muito com o ocorrido. Com reações limitadas, o índice Ibovespa fechou com pequena alta após o primeiro dia de transações…

Após os maiores atos de terrorismo já praticados contra as sedes das principais instituições políticas do Brasil, e mesmo com a atenção do mundo inteiro para o caso, o mercado parece que não se preocupou muito com o ocorrido.

Com reações limitadas, o índice Ibovespa fechou com pequena alta após o primeiro dia de transações após o ocorrido em Brasília, de 0,15%. O dólar, que chegou a atingir R$ 5,31 a certa altura do dia, desacelerou e fechou a R$ 5,25. Considerando que se trataram apenas de pontuais correções, é como se o domingo de quebradeira simplesmente não tivesse existido para os agentes da especulação financeira.

Bem diferente foi a reação do mercado quando Lula criticou o teto de gastos, ainda antes da posse, quando afirmou que pretendia sanar o rombo das contas públicas via incremento de receitas. Na ocasião (4/11), o mercado caiu mais de 2% no dia seguinte e o dólar disparou num índice semelhante, chegando a R$ 5,352 para a venda. Muito curioso tudo isso…


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *