MLMP concretiza novo assentamento urbano em Natal

Na madrugada de hoje, 21 de abril, cerca de 100 famílias organizadas pelo Movimento de Luta Por Moradia Popular – MLMP – ocuparam um terreno abandonado no bairro do Bom Pastor, zona oeste de Natal. Essas famílias estavam organizadas nos núcleos de moradias nos bairros de Nazaré, Felipe Camarão e Bom Pastor.

De acordo com Wellington Bernardo, líder estadual do MLMP, essas famílias estavam cansadas de pagar aluguel ou viver em condições precárias, decidindo ocupar o terreno abandonado em busca de uma moradia digna. No RN, são cerca de 140 mil famílias sem moradia, sendo que em Natal esse número chega a 50 mil.

A ocupação foi batizada como “Ocupação Padre Tiago Theisen”, em homenagem ao Padre Tiago, que teve uma luta social em defesa dos pobres da região. Segundo Bernardo, “a ocupação é uma forma de chamar a atenção das autoridades para a necessidade de políticas públicas para a habitação e para a situação das famílias sem teto em Natal”.

Nossa luta só acaba quando todas as famílias tiverem moradia digna. Até lá, seguiremos com as ocupações.

Wellington Bernardo,
líder do MLMP

O MLMP afirmou que está disposto a dialogar com as autoridades para buscar uma solução para o problema da falta de moradia na cidade. Contudo, conforme seu dirigente, “nós precisamos nos organizar e seguir com as ocupações e atos. Os sem teto são invisibilizados pela sociedade. Sem luta, não temos vez no debate público”.

Tiago Theisen, uma história inspiradora

O Padre Tiago Theisen foi um sacerdote católico alemão que viveu em Natal e atuou como líder social e defensor dos direitos dos pobres na cidade. Ele chegou à capital potiguar em 1983 e se envolveu em diversas atividades de cunho social, especialmente voltadas para as comunidades mais carentes.

O Padre Tiago era conhecido por sua atuação junto aos movimentos populares e às lutas por moradia na cidade de Natal. Ele fundou, em 1987, a Comunidade de Vida e Trabalho São Francisco de Assis, que buscava promover a solidariedade entre as pessoas e melhorar as condições de vida das populações mais necessitadas.

O sacerdote também foi um dos fundadores da União por Moradia Popular do RN, organização que luta pela garantia do direito à moradia digna para as famílias de baixa renda.

Padre Tiago faleceu em 1996, vítima de um infarto, mas deixou um legado de luta e compromisso com as causas sociais.

Conheça o MLMP

O Movimento de Luta por Moradia Popular é filiado à União Nacional Por Moradia Popular – UNMP e a Central de Movimentos Populares – CMP. O objetivo do movimento é lutar por moradia digna para as famílias de baixa renda que não têm acesso a programas habitacionais governamentais.

O MLMP surgiu a partir da união de diversos núcleos de moradia da cidade de Natal, que buscavam uma forma de organização mais ampla e representativa. Desde então, o movimento tem se dedicado à ocupação de terrenos abandonados e à luta por políticas públicas para a habitação.

Ao longo de sua história, o MLMP já realizou diversas ações de protesto e mobilização, como ocupações de prédios públicos e marchas pela cidade. A organização também se articula com outros movimentos sociais e com entidades como a União Nacional por Moradia Popular (UNMP) e a Central de Movimentos Populares (CMP), buscando ampliar sua capacidade de mobilização e pressionar as autoridades por políticas habitacionais mais justas e efetivas.

O MLMP é uma organização autônoma, sem vínculos político-partidários, e busca construir suas lutas a partir da participação ativa de suas bases, com democracia e horizontalidade.