Mudanças no preço da gasolina repercutem com perspectivas para os próximos anos

Apesar dos preços altos que foram repassados aos consumidores nos últimos quase quatro anos, a preocupação com a estatal estourou após a eleição de Lula. Acionistas, portais de notícias e dirigentes narram um cenário bastante negativo para os próximos anos, até mesmo para os últimos meses de 2022, e já responsabilizam o presidente eleito, que…

Apesar dos preços altos que foram repassados aos consumidores nos últimos quase quatro anos, a preocupação com a estatal estourou após a eleição de Lula. Acionistas, portais de notícias e dirigentes narram um cenário bastante negativo para os próximos anos, até mesmo para os últimos meses de 2022, e já responsabilizam o presidente eleito, que ainda nem assumiu.

É preciso ser honesto com o povo brasileiro. As denúncias de um cenário instável que preocupa economistas é válida, denunciar os casos de corrupção que aconteceram para que se preste atenção nas futuras movimentações também é válido. Mas essa postura pouco se viu durante o governo desastroso de Bolsonaro.

Enquanto o presidente distraía com falas problemáticas, o brasileiro vivenciou uma escalada feroz nos preços das bombas, assim como em diversos setores de itens básicos. E, nesse quesito, as críticas e denúncias foram brandas, permitindo ao presidente que saia com muito pouco desgaste após quatro anos de mandato.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *