Não foi apenas em São Gonçalo: IBGE pede mais tempo para entrega de dados populacionais

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) negocia com o TCU (Tribunal de Contas da União) atrasar em alguns dias a entrega dos dados populacionais usados para calcular o FPM (Fundo Nacional dos Municípios) e o FPE (Fundo Nacional dos Estados). Há receio de atraso no primeiro repasse e de judicialização por parte dos…

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) negocia com o TCU (Tribunal de Contas da União) atrasar em alguns dias a entrega dos dados populacionais usados para calcular o FPM (Fundo Nacional dos Municípios) e o FPE (Fundo Nacional dos Estados). Há receio de atraso no primeiro repasse e de judicialização por parte dos entes federados.

Como registramos nesta matéria, em São Gonçalo do Amarante houve graves indícios de erro no levantamento do IBGE.

Os dados populacionais servem para pesquisas e também para orientação de políticas públicas. Informações incorretas podem prejudicar a arrecadação dos municípios e dificultar investimentos em comunidades que não tenham sido recenseadas de forma adequada.

Pelo visto, o problema enfrentado em São Gonçalo foi recorrente em todo o país. E o IBGE faz bem em pedir um prazo se não tem segurança sobre seus dados.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *