Nicolás Maduro chega ao Brasil para estreitar relações entre países

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chegou ao Brasil na noite de ontem (28) para uma reunião com Lula (PT) nesta segunda-feira e para participar da cúpula de líderes da América do Sul, que ocorrerá em Brasília. O encontro contará com a presença de 11 presidentes, de acordo com informações do Ministério das Relações Exteriores.

Em suas redes sociais, Maduro agradeceu a calorosa acolhida em Brasília e ressaltou a importância de fortalecer a união entre os povos do continente. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, os dois presidentes deverão discutir os avanços no processo de normalização das relações bilaterais entre os países, que teve início em 1º de janeiro deste ano. Isso inclui a reabertura das embaixadas e setores consulares, bem como a recente designação do embaixador da Venezuela no Brasil.

Na semana passada, Lula (PT) recebeu as credenciais do novo embaixador do regime de Nicolás Maduro no Brasil, Manuel Vicente Vadell Aquino. Esse documento é uma formalidade que marca o início da atuação do diplomata no Brasil. Vale lembrar que em março de 2020, o Brasil havia retirado seus diplomatas que trabalhavam na embaixada brasileira em Caracas, capital da Venezuela, devido ao não reconhecimento do governo de Maduro pelo então presidente Jair Bolsonaro (PL).

A reunião entre os dois presidentes terá como objetivo examinar temas prioritários para o fortalecimento do diálogo em todas as áreas da relação bilateral. De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, será dado destaque aos resultados da recente missão multidisciplinar à capital venezuelana, organizada pela Agência Brasileira de Cooperação e que contou com representantes de mais de vinte órgãos governamentais brasileiros. A proteção das populações que residem na faixa fronteiriça, em especial os povos Yanomami, receberá atenção especial durante as discussões.