Nova carteira de indentidade já está disponível em 12 estados; RN segue sem previsão

A nova Carteira de Identidade Nacional (CIN) já pode ser solicitada em 12 estados brasileiros. Segundo o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, a adesão mais recente foi do estado do Amazonas. Além dele, os estados de Acre, Alagoas, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina também já emitem a nova carteira.

De acordo com a pasta, mais de 460 mil CINs físicas foram emitidas até abril, e mais de 330 mil baixadas no portal gov.br, do governo federal. A nova carteira é um documento de identificação unificado em nível nacional, que traz informações como nome, foto, filiação, naturalidade, data de nascimento e número do CPF.

A implementação da CIN tem como objetivo facilitar a vida dos cidadãos, que poderão contar com um documento de identificação mais moderno e seguro, além de reduzir fraudes e duplicidades. A nova carteira também permite a inclusão de informações adicionais, como dados biométricos e de registro profissional.

A emissão da CIN é opcional e não substitui outros documentos, como a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o passaporte.