Novo diretor-geral da PRF diz querer reverter politização do governo Bolsonaro

Antônio Fernando Souza Oliveira tomou posse como o novo diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Brasília e prometeu afastar a PRF das questões políticas e reconstruir a imagem da instituição que foi prejudicada durante o governo de Jair Bolsonaro (PL). A PRF foi alvo de críticas após três crises importantes, incluindo o assassinato de…

Antônio Fernando Souza Oliveira tomou posse como o novo diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Brasília e prometeu afastar a PRF das questões políticas e reconstruir a imagem da instituição que foi prejudicada durante o governo de Jair Bolsonaro (PL).

A PRF foi alvo de críticas após três crises importantes, incluindo o assassinato de Genivaldo de Jesus Santos, a desobediência às diretrizes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) durante as eleições e a suspeita de demora na ação contra a ocupação de rodovias federais por apoiadores de Bolsonaro.

Oliveira enfatizou a importância de valores como educação, civilidade e respeito na nova administração da PRF e afirmou que a corporação é um “órgão de Estado, não tem partido”.

Em seu discurso de posse, Oliveira destacou a importância da defesa dos ideais republicanos e afirmou que essa defesa precisa ser praticada diariamente. Ele tem 29 anos de experiência como policial rodoviário federal e foi nomeado pelo ministro da Justiça, Flávio Dino.

Foto: CNN


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *