Novo ensino médio e novo ENEM em 2024

Em entrevista à Agência Brasil, especialistas em ensino falaram sobre o implemento do novo ENEM, seguindo a reforma do ensino médio. A discussão, no entanto, parece muito mecânica, como se fosse tratado apenas do modelo da prova. Ao se falar do ENEM, referido como “maior exame de ingresso no ensino superior do país” é preciso…

Em entrevista à Agência Brasil, especialistas em ensino falaram sobre o implemento do novo ENEM, seguindo a reforma do ensino médio. A discussão, no entanto, parece muito mecânica, como se fosse tratado apenas do modelo da prova.

Ao se falar do ENEM, referido como “maior exame de ingresso no ensino superior do país” é preciso considerar que, ano após ano, as inscrições estão diminuindo. Também não se pode ignorar que a última reforma do ensino médio, determinante para a “reforma” do ENEM, foi rechaçada pelos estudantes e por suas direções. É preciso considerar que o problema da educação brasileira não reside só no formato da prova.

Além do mais, cabe lembrar que a maioria das escolas públicas de ensino médio não conseguem preparar seus estudantes para ter acesso ao ensino superior, por duas razões: primeiro, as escolas carecem de investimentos e estrutura para dar formação de qualidade; segundo, não há vagas para todos. Está aí a raiz do problema, e não será uma simples alteração no formato da prova que irá resolvê-lo.

Há mais um ponto a ser levado em questão, que é a inserção de questões dissertativas no exame. Vamos lá: atualmente os vestibulandos têm uma média de 3 minutos para resolver uma questão. Muitos reclamam já não ser tempo suficiente; quem dirá tendo que, após resolver a questão, ter de escrever e justificar sua resposta…

O processo de amadurecimento e desenvolvimento da proposta deve, mais do que nunca, contar com a participação de todos os segmentos interessados na melhoria do ensino, em especial os estudantes, que é quem hoje sonha em estar na universidade e tem o ENEM como único meio para isso. A discussão deve ser pautada na garantia do direito à educação e gerar caminhos que assegurem esse direito a todos, rumo às novas gerações.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *