O caminho incerto de Paulinho Freire

Em outubro passado o então presidente da Câmara de Vereadores de Natal, Paulinho Freire (UB), elegeu-se deputado federal com 77.906 votos. Apenas 24.311 votos desse montante vieram da capital; cerca de 1/3. Mesmo contando com o apoio massivo dos colegas vereadores, Paulinho deveu sua vitória em maior parte ao apoio de muitos prefeitos do interior,…

Em outubro passado o então presidente da Câmara de Vereadores de Natal, Paulinho Freire (UB), elegeu-se deputado federal com 77.906 votos. Apenas 24.311 votos desse montante vieram da capital; cerca de 1/3.

Mesmo contando com o apoio massivo dos colegas vereadores, Paulinho deveu sua vitória em maior parte ao apoio de muitos prefeitos do interior, que lhe renderam mais de 50 mil votos. E são esses prefeitos que agora o deputado estadual tem visitado, afim de reforçar as relações com suas bases.

Recentemente, ele percorreu 14 cidades do estado, dialogando com os líderes locais. Ao todo, já destinou 5 milhões em emendas para o interior. Tem reforçado seu perfil municipalista para além da capital.

Tudo isso abre um dilema na estratégia político-eleitoral do deputado: se firmar como liderança estadual reforçando as bases de onde veio a maior fatia de seus votos ou se concentrar na capital com vistas à sucessão de Álvaro Dias (REP).

Paulinho já deu todos os sinais de que pretende disputar a Prefeitura de Natal ano que vem. Seus aliados mais leais na Câmara Municipal têm feito esforços públicos para manter o nome do deputado em evidência. E ele mesmo tem percorrido comunidades e se articulando com lideranças da cidade.

Contudo, nem mesmo o hábil Paulinho poderá conciliar os dois projetos. Os prefeitos que o apoiaram em 2022 agora contam com seu apoio para 2024. Um apoio não apenas político, mas sobretudo financeiro. Sua ausência nos palanques também seria sentida.

Caso se confirme como candidato à Prefeitura de Natal, Paulinho Freire terá uma escolha sem volta. Enfraquecerá suas bases no interior para uma possível reeleição em 2026. Por isso o deputado tem adotado um tom de maior cautela nos últimos meses, aguardando um posicionamento definitivo do prefeito Álvaro Dias. Paulinho sabe que se sair candidato em Natal estará obrigado a vencer. Ou isso ou enfrentar grandes problemas para renovar sua base eleitoral no interior para tentar se reconduzir à Câmara dos Deputados, seu atual local de trabalho.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *