O futuro nebuloso e o passado glorioso se encontram na mesma tarde

Está difícil ser estudante no Brasil. Na mesma semana em que foi anunciada a suspensão do pagamento dos bolsistas das UFs e o atraso nos repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB), a equipe de transição do governo eleito anunciou que a compra de livros didáticos para 2023 realmente irá sofrer…

Está difícil ser estudante no Brasil. Na mesma semana em que foi anunciada a suspensão do pagamento dos bolsistas das UFs e o atraso nos repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB), a equipe de transição do governo eleito anunciou que a compra de livros didáticos para 2023 realmente irá sofrer atrasos devido à falta de recursos para a compra.

Mais uma vez os estudantes pagam o preço dos cortes e bloqueios. Além dos livros, os recursos para compra dos ônibus do transporte escolar também foram bruscamente reduzidos. Estudantes da rede pública serão também penalizados pelas irresponsabilidades do governo Bolsonaro.

Diante disso, vários atos estão sendo convocados no país todo. Em Natal, o DCE da UFRN e outras organizações ligadas ao movimento universitário estão convocando uma manifestação para o Anfiteatro da instituição. Em outro ponto, em frente ao Midway Mall, o movimento Todas as Vozes convocou várias entidades. Ambos os protestos focam no combate ao bloqueio orçamentário.

Não muito longe do Midway, no Auditório da Reitoria do IFRN, um outro ato acontecera: uma solenidade em homenagem aos 40 anos da histórica União Metropolitana dos Estudantes Secundaristas vai reunir ex-militantes e dirigentes históricos que fizeram o movimento estudantil nessas décadas que passou, e a atividade deverá ser apreciada por coletivos de secundaristas que foram convidados a participar do momento. Na mesma atividade, será lançada a Revista da UMES, que conta a história do movimento secundarista no estado de 1982 para cá. Apesar do tom solene, inevitavelmente o encontro tomará o caráter de um ato político, uma vez que reunirá autoridades e militantes de várias eras, numa fase de encruzilhada na política brasileira. A tarde de 8 de dezembro será animada em Natal.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *