Obra do Complexo Turístico da Redinha avança para finalização

Uma das obras mais emblemáticas e fundamentais para a economia de Natal, o Complexo Turístico da Redinha, na zona Norte, avança e segue para a finalização da obra. A informação é da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra).
“O Complexo vai mudar a realidade econômica não apenas da Redinha, mas de toda a Zona Norte, transformando toda a região em um ponto indutor para o desenvolvimento socioeconômico de Natal”, aposta Álvaro Dias. “É uma das obras mais importantes da nossa gestão”.
De acordo com o secretário Carlson Gomes, titular da Seinfra, com a proximidade de término dos serviços, já é possível visualizar o equipamento municipal e a sua importância para a cidade. “É um marco de nossa infraestrutura turística e que dará maior segurança e conforto para os visitantes, moradores e comerciantes que irão trabalhar em um local aprazível, bonito, moderno e apto para os novos desafios do turismo”, explicou Carlson Gomes.
O espaço, quando pronto, deverá atrair um número cada vez maior de turistas e não se concentrará apenas no mercado, mas também no seu entorno, com obras em redes de drenagem, ampliação de calçadão, nova iluminação, pavimentação asfáltica, entre outros serviços. “O prefeito Álvaro Dias determinou que o projeto englobasse a requalificação total dos acessos e de outras áreas próximas, transformando o local e dando qualidade aos moradores do entorno, transformando a Redinha num ponto indutor para o desenvolvimento socioeconômico da Zona Norte da cidade”, comentou o secretário Carlson Gomes.
Segurança
Dos serviços no entorno do mercado, são destaque a requalificação da rua Maruim, cujo lote recebeu investimento de R$ 5,5 milhões. A via foi completamente modificada para ser entregue com nova pavimentação asfáltica, duas faixas de rolamento em cada sentido, separadas por uma ciclovia em canteiro central, amplas calçadas arborizadas em toda sua extensão, além da construção de uma praça com academia para os moradores da região. “Fora isso, a moderna iluminação em LED já está instalada e irá garantir uma maior sensação de segurança para todos os visitantes e moradores da área”, explicou o secretário adjunto de Obras, Rafael Dias.
Em outro lote da obra do Complexo, já foram executadas a requalificação do sistema de defesa costeira (com enrocamento) da praia da Redinha, do trecho do rio Potengi, a urbanização e drenagem do entorno do antigo Mercado Público. Além disso, tem o novo clube de artesanato (antigo Clube da Redinha). “Foi necessário construir uma nova estação de tratamento de esgoto para atender toda a contribuição que virá do Complexo Turístico num investimento que se aproxima dos R$ 30 milhões”, ressaltou Carlson Gomes.
O Complexo da Redinha conta com 33 boxes, sete restaurantes, praça de alimentação, mirante, píer e deck para embarcações, além de varanda panorâmica.