OMS: Covid não é mais emergência de saúde global

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta sexta-feira (5) que a Covid-19 não é mais considerada uma emergência de saúde global. O comitê de emergência da OMS havia declarado a Covid-19 como nível mais alto de alerta há mais de três anos, em 30 de janeiro de 2020.

Segundo a OMS, a mudança no status representa um sinal do progresso que o mundo fez no combate à pandemia, mas a Covid-19 ainda é uma ameaça para a saúde pública global e veio para ficar. A taxa de mortalidade diminuiu consideravelmente, de mais de 100.000 pessoas por semana em janeiro de 2021 para pouco mais de 3.500 na semana até 24 de abril, de acordo com dados da OMS.

A medida ajudou a concentrar a atenção internacional na ameaça à saúde e a reforçar a colaboração em vacinas e tratamentos. A OMS ressaltou, no entanto, que é preciso manter a vigilância e os esforços para controlar a propagação do vírus e garantir que as vacinas estejam disponíveis em todo o mundo.