Policiais penais recebem homenagens da Câmara Municipal de Natal

Por proposição da Frente Parlamentar da Defesa Social e Enfrentamento da Violência na Região Metropolitana de Natal, presidida pela vereadora Camila Araújo (União Brasil), a Câmara Municipal de Natal homenageou pela primeira vez, nesta segunda-feira (22), os policiais penais.

“Precisamos evidenciar a importância que esses homens e mulheres têm para a segurança pública, exercendo um trabalho no qual arriscam as próprias vidas, para fazer a guarda daqueles que precisam da reprimenda do Estado, em proteção à sociedade. Temos uma imensa gratidão por essa categoria”, enfatizou a vereadora.

Profissional responsável por manter a ordem e a disciplina no sistema prisional, o policial penal integra as forças de segurança pública e atua na aplicação da Lei de Execução Penal e nos cuidados com a população carcerária. No Rio Grande do Norte, são 1.444 policiais penais, atuando em 18 unidades prisionais, onde está uma população carceraria de cerca de 12 mil apenados.

Para o secretário estadual de Administração Penitenciária, Helton Xavier, a Polícia Penal desponta no cenário da segurança pública, como órgão indispensável. “É uma categoria que vem se fortalecendo, apesar de ainda enfrentar muitas dificuldades”, ressaltou o secretário, admitindo que o Rio Grande do Norte ainda tem um déficit de pelo menos mil policiais penais. O secretário concluiu agradecendo e elogiando a iniciativa da homenagem prestada pela Câmara Municipal à categoria.

Nessa segunda (22), completaram-se 21 anos da posse da primeira turma de agentes penitenciários no Rio Grande do Norte, em maio de 2002. Antes disso, eram os policiais militares que faziam a guarda dos presos. Depois, em 4 de dezembro de 2019, uma emenda à Constituição Federal equiparou os agentes aos membros das demais polícias brasileiras, tornando-os policiais penais.

A presidente do Sindicato dos Policiais Penais do Rio Grande do Norte (Sindppen-RN), Vilma Batista comemorou a homenagem na Câmara Municipal de Natal como um gesto de aproximação e de reconhecimento dos vereadores. “É muito bom saber que eles estão acompanhando o nosso trabalho”, comentou.

Entre os 65 homenageados na sessão solene, a coordenadora executiva de administração penitenciária, Maria Roberiana Bezerra Ferreira, e o policial penal Joab de Sousa Silva, ambos da turma de 2002, comentaram sobre o orgulho que sentem da profissão que exercem. “É um sentimento de realização por ter iniciado numa carreira, que antes era desacreditada e hoje é respeitada e disputada”, disse ele. “Tenho muito orgulho da minha carreira e jamais pensei em desistir. Vou me aposentar sendo policial penal, com a certeza de que sendo mulher sou tão capaz como qualquer homem”, afirmou ela.

O delegado Rafael Câmara representou a delegada geral de Polícia Civil do RN, Ana Cláudia Saraiva Gomes, durante a solenidade.