Potiguar surta, invade condomínio e morre durante a ação

Após invadir um condomínio um homem identificado como Jacques Luiz de Freitas, que é potiguar mas mora em Salvador, se feriu e morreu durante a fuga, no bairro de Itapuã, em Salvador. A situação ocorreu por volta das 22h45 da quinta-feira (22). Em imagens gravadas pelas câmeras de segurança do local, é possível ver o…

Foto: reprodução

Após invadir um condomínio um homem identificado como Jacques Luiz de Freitas, que é potiguar mas mora em Salvador, se feriu e morreu durante a fuga, no bairro de Itapuã, em Salvador. A situação ocorreu por volta das 22h45 da quinta-feira (22). Em imagens gravadas pelas câmeras de segurança do local, é possível ver o suspeito se jogando – e quebrando – o vidro do condomínio para entrar no local.

Em outro vídeo, ele aparece com andar cambaleante pela rua. Conforme relatos de testemunhas, moradores se assustaram com o barulho da quebra do vidro e duas mulheres, que estavam no térreo, correram para se esconder. Ainda assim, o homem conseguiu entrar no apartamento de uma terceira mulher, inglesa, que mora no condomínio há cerca de um ano. Não há informações, até o momento, se ela ficou ferida.

Jacques Luiz de Freitas era servidor público e morava nas proximidades de onde cometeu o crime. Imagens mostram o momento em que ele, já aparentemente fora de si, arromba o portão da própria casa. Após investigações preliminares que levaram a polícia a descobrir a identidade do suspeito, agentes foram até a casa de Jacques e encontraram porções de chá de cogumelo, que podem causar efeitos psicotrópicos, como alucinações.

Um vizinho de Jacques, que preferiu não se identificar, afirmou que o servidor público era uma pessoa tranquila e calma. Ele afirmou, ainda, que Jacques não bebia e não tem a informação de que ele seria usuário de qualquer tipo de droga. O vizinho conta que o servidor público já conhecia o condomínio invadido, tendo morado brevemente no local após se separar da esposa.

Por fim, ele revela que Jacques teria tido um surto psicótico ainda dentro de sua residência, como apontam as imagens mostradas nesta reportagem. Pouco depois, ele subiu em um veículo e, após o motorista realizar manobras para derrubá-lo, Jacques caiu e foi andando até o condomínio onde tudo aconteceu.

Ele invadiu o local após se jogar e quebrar um vidro do condomínio, por volta das 22h40. As câmeras de segurança capturaram a ação. Com o barulho, moradores do local saíram para ver a situação e foram perseguidos por Jacques. Ele encontrou uma casa aberta e, já tirando as roupas, invadiu o local e agarrou a moradora da residência, uma inglesa de nome não revelado.

A mulher conseguiu se desvencilhar dele e correu para a área da piscina. Cortado pelos cacos de vidro, Jacques ainda a seguiu, mas acabou caindo e agonizando até morrer. Diversas marcas de sangue mostram o caminho percorrido. O caso é investigado pela 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico).

Fonte: PN News


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *