Prefeito e vereadores recebem do Movimento de Luta por Moradia Popular e prometem ação

MLMP fez manifestação ontem, na capital. Ato marca retomada das lutas por moradia digna para a população do RN. Na manhã ontem (22), o prefeito de Natal, Álvaro Dias, recebeu em seu gabinete os representantes do Movimento de Luta por Moradia Popular (MLMP). O encontro discutiu as demandas apresentadas pelo movimento em relação à falta…

MLMP fez manifestação ontem, na capital. Ato marca retomada das lutas por moradia digna para a população do RN.

Na manhã ontem (22), o prefeito de Natal, Álvaro Dias, recebeu em seu gabinete os representantes do Movimento de Luta por Moradia Popular (MLMP). O encontro discutiu as demandas apresentadas pelo movimento em relação à falta de moradias na cidade.

O prefeito destacou a importância de ouvir as diferentes vozes da comunidade e assegurou que a gestão está empenhada em abordar as preocupações do MLMP. Com o contexto do programa “Minha Casa Minha Vida” como pano de fundo, o prefeito expressou seu compromisso em buscar recursos nos ministérios em Brasília para concretizar projetos que ataquem o déficit habitacional do município.

“Vamos priorizar essa questão na Prefeitura em parceria com o Governo Federal, conseguindo recursos, desenvolvendo e implementando projetos para combater o déficit habitacional no município”, declarou Álvaro Dias.

O coordenador geral do MLMP, Wellington Bernardo, valorizou a oportunidade de discutir diretamente com o prefeito e salientou que a organização é responsável por oito ocupações urbanas na capital. Uma dessas áreas, localizada no bairro do Planalto, será transformada pela Prefeitura no conjunto habitacional Olga Benário.

Movimento de Luta por Moradia Popular se reúne com vereadores e planeja audiência pública

Ainda na sequência da mobilização de ontem, uma delegação representando o MLMP foi recebida na Câmara Municipal de Natal. Os vereadores Bracchi (PT) e Robério Paulino(PSOL) foram os anfitriões do encontro, que teve como propósito discutir as demandas e reivindicações do movimento.

“É importante que esta Casa receba o movimento para dialogar. Vamos nos reunir com o presidente porque queremos discutir a trajetória e a realidade que as pessoas do movimento enfrentam em busca do direito por moradia que não pode ser tirado delas”, afirmou Wellington Bernardo, coordenador do MLMP.

Os representantes do MLMP discutiram a necessidade de promover uma audiência pública. Ficou agendada, para o próximo dia 29, uma reunião com o presidente da Câmara, vereador Eriko Jácome. O MLMP espera que desse encontro saia a data a audiência solicitada.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *