Prefeitura de Natal cria nova Cozinha Comunitária na Zona Oeste

A Prefeitura do Natal abriu uma nova Cozinha Comunitária. Operacionalizado pela Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Semtas), por meio do seu Departamento de Segurança Alimentar (DAS), o programa tem como objetivo reduzir os níveis de desnutrição e proporcionar alimentação de qualidade para a população.

Localizada no bairro Cidade Nova, a nova cozinha comunitária terá capacidade de atender diariamente até 200 indivíduos, com almoço de segunda a sexta-feira, totalizando 1.000 refeições por semana e 4 mil refeições por mês. O cardápio oferece um prato digno, seguro e completo nutricionalmente. Além disso, cursos serão promovidos para os beneficiados, dentro de uma proposta sustentável de geração de emprego e renda.

“O programa da Cozinha Comunitária faz parte da nossa política de Segurança Alimentar, composta por outras ações, como o Banco de Alimentos, que completou dois anos recentemente. São ações ainda necessárias para nos ajudar a combater a vulnerabilidade nutricional de muitas famílias”, aponta o prefeito Álvaro Dias.

Esse é o segundo equipamento social descentralizado de Segurança Alimentar e Nutricional na cidade, e há expectativas de abrir outros nas demais regiões.

Titular da Semtas, a secretária Andréa Dias também explica a importância do programa. “Hoje, a Cozinha Comunitária tem estratégia inovadora de combate à insegurança alimentar, atendendo não só crianças, mas também jovens, adultos e idosos em situação de vulnerabilidade social, pessoas que foram escolhidas através de uma triagem das famílias em situação de extrema pobreza”, detalha.

“É importante lembrar que as Cozinhas Comunitárias são equipamentos públicos que integram a Rede Operacional do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN), do qual estamos concluindo a adesão ainda nesse semestre”.