Prefeitura de Natal: o que diz a (suposta) pesquisa divulgada ontem

Saiu a primeira pesquisa eleitoral sondando as intenções de voto dos natalenses para a eleição à Prefeitura em 2024. Cedo? Não creio. A disputa está na ordem do dia desde 30 de outubro passado, às 17h. Os números da pesquisa são os seguintes:

ESCLARECIMENTO: a presente matéria foi editada para corrigir grosseiros erros do editor do blog, Girotto, no que diz respeito à atribuição da pesquisa à TS2 Soluções (confira a nota da empresa aqui). Após verificação, confirmamos que não no TSE registro de pesquisa em Natal. A origem da suposta pesquisa ainda não foi esclarecida. Mantenho o texto no ar apenas para registro de um erro que evitarei cometer novamente.

Saiu a primeira pesquisa eleitoral sondando as intenções de voto dos natalenses para a eleição à Prefeitura em 2024. Cedo? Não creio. A disputa está na ordem do dia desde 30 de outubro passado, às 17h.

Os números da pesquisa são os seguintes:

  • Carlos Eduardo (PDT): 12,9%
  • Wendel Lagartixa (PL): 8,5%
  • Bruno Giovanni (sem partido): 4,2%
  • Natália Bonavides (PT): 2,9%
  • Paulinho Freire (UB): 2%
  • Rafael Motta (PSB): 0,6%
  • Não sabe/ Não respondeu: 68,9%

Já num primeiro momento fica evidente que o ex-prefeito Carlos Eduardo preserva um expressivo capital eleitoral entre os moradores da capital. Seus quase 13%, neste momento dos debates, são algo que deve ser anotado.

Já os 8,5% de Wendell Lagartixa, embora a pesquisa tenha sido realizada em meados de dezembro, demonstram a persistência de sua liderança no imaginário da população. É cedo para fazer tais comparações, mas Lagartixa estaria hoje tecnicamente empatado com 4 vezes prefeito Carlos Eduardo.

Em terceiro surge o comunicador Bruno Giovanni, que há tempos tem especulado seu ingresso formal na política eleitoral. Sua base eleitoral seria situada no espectro conservador, o que o leva a disputar diretamente com Lagartixa.

Natália Bonavides é hoje, talvez ao lado de Divaneide Basílio, o nome mais forte da esquerda na disputa. Seu desempenho claramente está subestimado, não por falhas da pesquisa mas pelo momento em que ela acontece. Uma candidatura de Natália ganharia corpo rapidamente, se confirmada. Mas há grandes desafios para que ela possa se tornar realmente competitiva.

Paulinho Freire tem dito que não será candidato, enquanto é especulado como principal nome na lista de opções do prefeito Álvaro Dias (REP) para sua sucessão. Ser candidato da situação poderia alavancar sua candidatura, no entanto ele encontra barreiras notáveis em disputa majoritária.

Fechando a lista, vem Rafael Motta. O deputado federal, que disputou o Senado em 2022, se firmou como alternativa a disputas majoritárias no RN. Seu nome agora constará de todas as especulações sobre a eleição de 2024. Resta saber quais são seus planos.

A pesquisa revela um momento inicial do processo eleitoral de 2024, mas já indica cenários importantes. Leia nossas análises complementares e saiba como está o tabuleiro desse jogo que tem como próxima parada o dia 6 de outubro de 2024.


Comments

Uma resposta para “Prefeitura de Natal: o que diz a (suposta) pesquisa divulgada ontem”

  1. Avatar de TS2 Pesqusias
    TS2 Pesqusias

    NOTA À IMPRENSA

    Mossoró, 17 de janeiro de 2023.
    Circula em diversos blogs da capital do estado e região metropolitana uma suposta pesquisa eleitoral tratando da eleição 2024 para a Prefeitura de Natal. Sobre este fato a TS2 Pesquisas destaca que não realizamos qualquer sondagem em Natal nos últimos meses, sendo, portanto, FALSA qualquer vinculação desta suposta pesquisa à nossa empresa.
    Solicitamos aos blogs, sites e portais de notícias que foram induzidos ao erro por esta fake news a perfeita reparação da informação, destacando que a TS2 não realizou pesquisa e desvinculando nosso nome da matéria em tela, sob pena das sanções judiciais cabíveis.
    Cordialmente,

    TS2 Soluções

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *