Qual será o espaço do MDB no governo Fátima em 2023

A governadora reeleita do RN Fátima Bezerra evitou tratar de reformas no seu secretariado antes do término do 2º turno da eleição presidencial. O que não impediu que assessores e aliados se movimentassem. Uma das grandes dúvidas que rondam as salas da Governadoria é sobre os espaços que serão destinados a acomodar o grupo do…

A governadora reeleita do RN Fátima Bezerra evitou tratar de reformas no seu secretariado antes do término do 2º turno da eleição presidencial. O que não impediu que assessores e aliados se movimentassem.

Uma das grandes dúvidas que rondam as salas da Governadoria é sobre os espaços que serão destinados a acomodar o grupo do vice-governador eleito Walter Alves.

O MDB potiguar saiu enfraquecido das urnas. Único parlamentar eleito pelo partido, Adjuto Dias esteve em conflito com o grupo de Walter Alves na campanha e segue a liderança do pai, o prefeito de Natal Álvaro Dias, que é do PSDB.

Ocorre que sendo este o segundo mandato de Fátima, é provável que ela se afaste do cargo em 2026 para concorrer ao Senado. E diante disso, nunca será demais manter boas relações com seu vice, que poderá assumir o governo no último ano da gestão, dirigindo a máquina estadual durante as eleições.

O MDB sabe que precisará de espaços importantes para compensar a falta de presença nos legislativos estadual e federal. Resta agora saber qual será o tamanho da generosidade da governadora reeleita.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *