Quarta-feira feminista em Natal

Após uma semana de bizarrices machistas de todas as sortes, até “coach” de misoginia, a capital potiguar se prepara para dar um basta com um show de força feminina. Muito além de uma data comemorativa, aqui o Dia Internacional da Mulher é celebrado com respeito, consciência e luta. A data carrega ainda mais significado no…

Após uma semana de bizarrices machistas de todas as sortes, até “coach” de misoginia, a capital potiguar se prepara para dar um basta com um show de força feminina. Muito além de uma data comemorativa, aqui o Dia Internacional da Mulher é celebrado com respeito, consciência e luta.

A data carrega ainda mais significado no RN, um dos dois únicos estados brasileiros governados por mulheres. O dia começa, então, com solenidade em alusão ao 8 de Março na governadoria, com presença de lideranças femininas de todo o estado, fundamentais para as transformações e progressos realizados.

Já nas ruas de Natal, jovens e adultos, de todas as idades e gêneros, se reúnem para fazer ecoar a importância da luta por uma sociedade mais justa e do combate a qualquer tipo de violência e discriminação contra mulheres.

Apesar dessa luta ainda ser incompreendida por muitos, seja por preconceitos ou ignorância, vemos nossa sociedade sendo modificada e, pouco a pouco, esses mesmos preconceitos são derrubados. Este 8 de Março será, sem dúvidas, um marco de garantia de avanços e transformações em nossa sociedade.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *