Renda per capita do RN está entre as menores do país, mesmo assim é a maior do Nordeste

O Rio Grande do Norte tem o maior rendimento domiciliar per capita entre as unidades federativas do Nordeste, segundo pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2022, a média de renda no estado foi de R$ 1.267, ainda abaixo do salário mínimo vigente no país. Já a média brasileira ficou em…

O Rio Grande do Norte tem o maior rendimento domiciliar per capita entre as unidades federativas do Nordeste, segundo pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2022, a média de renda no estado foi de R$ 1.267, ainda abaixo do salário mínimo vigente no país. Já a média brasileira ficou em R$ 1.625. De acordo com a pesquisa, os estados com pior desempenho estão nas regiões Norte e Nordeste.

A menor média foi registrada no Maranhão, com apenas R$ 814, seguido de Alagoas, com R$ 935, Pernambuco e Bahia, ambos com média de R$ 1.010.

A pesquisa considera a razão entre o total dos rendimentos domiciliares e o total dos moradores, levando em conta rendimentos de trabalho e de outras fontes, como pensões e empregados domésticos.

Tendo a maior renda domiciliar per capita do Nordeste, o RN ainda fica muito atrás dos estados que lideram o ranking. O primeiros colocados no levantamento são:

  • Distrito Federal – R$ 2.913
  • São Paulo – R$ 2.148
  • Rio Grande do Sul – R$ 2.087
  • Santa Catarina – R$ 2.018

Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *