RN em luto: Faleceu o cantor e compositor Manassés Campos

Faleceu na madrugada desta segunda-feira (27), o servidor público, jornalista, músico e compositor Manassés da Silva Campos, aos 61 anos de idade. Ele estava se recuperando em casa de uma cirurgia cardíaca, mas não resistiu. A notícia de sua morte deixou o Rio Grande do Norte em luto. Manassés atuava no Tribunal Regional do Trabalho…

Faleceu na madrugada desta segunda-feira (27), o servidor público, jornalista, músico e compositor Manassés da Silva Campos, aos 61 anos de idade. Ele estava se recuperando em casa de uma cirurgia cardíaca, mas não resistiu. A notícia de sua morte deixou o Rio Grande do Norte em luto.

Manassés atuava no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RN) desde julho de 1992, onde desempenhou diversas funções e responsabilidades ao longo dos anos. Ele foi um jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e teve um papel importante na criação da TV-21 do TRT, da qual foi apresentador e editor.

Além de seu trabalho no TRT-RN, Manassés também foi fundador e vice-presidente do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça, que reúne assessores de comunicação de todo o Poder Judiciário brasileiro. Ele ainda participou do Comitê Editorial da TV Justiça, emissora do Supremo Tribunal Federal, em Brasília.

Manassés Campos também era conhecido como músico e compositor premiado, com participação em diversos festivais de música do Estado. Ele lançou diversos discos, dentre eles “Nós” e “Varal do Tempo”, que condensou a diversidade de sua poesia e melodias sofisticadas. Ele estava se preparando para lançar um novo trabalho em 2023.

Manassés era um apaixonado torcedor do ABC Futebol Clube e deixa um grande legado no mundo da comunicação, música e jornalismo. Todos nós, amantes da arte e da cultura potiguares, lamentamos hoje essa perda. Conforto e força em momento tão difícil aos familiares e à multidão de amigos e admiradores de Manassés.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *