RN pretende aderir ao Plano de Promoção de Equilíbrio Fiscal e ter acesso a R$ 1,6 bilhão em crédito

O Governo do Rio Grande do Norte está em fase adiantada de entendimento com o Governo Federal para adesão ao Plano de Promoção de Equilíbrio Fiscal (PEF). Caso a adesão seja concretizada este ano, o estado poderá ter acesso a aproximadamente R$ 1,6 bilhão em crédito junto às instituições financeiras. Esse recurso será dividido em…

O Governo do Rio Grande do Norte está em fase adiantada de entendimento com o Governo Federal para adesão ao Plano de Promoção de Equilíbrio Fiscal (PEF). Caso a adesão seja concretizada este ano, o estado poderá ter acesso a aproximadamente R$ 1,6 bilhão em crédito junto às instituições financeiras. Esse recurso será dividido em quatro parcelas de cerca de R$ 400 milhões.

O PEF é uma iniciativa do Governo Federal que tem como objetivo incentivar estados e municípios a adotarem medidas de ajuste para equilibrar suas contas e retomarem os investimentos por meio de operações de crédito com garantia da União.

A governadora Fátima Bezerra destacou a importância da adesão do Rio Grande do Norte ao PEF para viabilizar investimentos estratégicos. Um desses investimentos é a recuperação da malha viária estadual. A primeira parcela do crédito, caso seja liberada ainda este ano, será direcionada para a melhoria das estradas estaduais, que desempenham um papel fundamental para a segurança dos usuários e o escoamento da produção econômica.

Além disso, a governadora ressalta que outros recursos próprios já estão sendo aplicados no Programa de Recuperação de Rodovias, somando-se aos recursos do PEF. Essa medida é fundamental para melhorar a infraestrutura viária do estado e impulsionar o desenvolvimento econômico.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *