Saiba quem é Cristiano Zanin, indicado por Lula para vaga no STF

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva indicou ontem o advogado Cristiano Zanin para ocupar a vaga deixada pelo ministro Ricardo Lewandowski no Supremo Tribunal Federal (STF). Zanin, de 47 anos, é conhecido por atuar na defesa de Lula durante os processos da Operação Lava Jato.

Caso a indicação seja aprovada em sabatina pelo Senado, o que é muito provável, Zanin se tornará ministro do STF e ocupará o cargo até novembro de 2050, seguindo as regras de aposentadoria na Corte. Ele é formado em direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e possui especialização em litígios estratégicos e decisivos, tanto empresariais quanto criminais.

Zanin trabalha em parceria com sua esposa, a advogada Valeska Teixeira Zanin Martins, e juntos mantêm um escritório de advocacia em São Paulo e Brasília. O casal se notabilizou por defender Lula nos processos penais da Lava Jato desde 2013.

A indicação de Zanin ainda precisa ser aprovada pelo Senado. Após a aprovação, o novo ministro será empossado pelo STF. A expectativa é que sua indicação seja aprovada, considerando as declarações de senadores e também de ministros do STF a favor da indicação.

Cristiano Zanin é visto como uma peça fundamental para Lula, tendo sido responsável pela anulação das condenações contra o ex-presidente e por garantir sua participação nas eleições presidenciais. Sua indicação é vista como uma forma de assegurar a continuidade da linha de defesa de Lula e sua influência no STF.

A escolha de Zanin também foi marcada por debates sobre a necessidade de uma maior representatividade feminina e racial no STF. No entanto, Lula optou por indicar seu advogado de confiança, destacando sua sensibilidade social e capacidade jurídica.

A indicação de Cristiano Zanin será avaliada pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado, e seu nome precisará ser aprovado tanto pela comissão quanto pelo plenário do Senado. Após essa etapa, o STF definirá a data de sua posse como novo ministro da Corte.