Sancionada lei de criação do Parque Industrial Logístico Aeroportuário (PILAR) em São Gonçalo do Amarante

O PILAR é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante, visando proporcionar um ambiente propício para a expansão de empreendimentos existentes e a atração de novos, promovendo o crescimento econômico e a geração de empregos.

Em uma medida significativa para impulsionar o desenvolvimento econômico e atrair investimentos, o prefeito Eraldo Paiva sancionou na última quinta-feira (31) a lei complementar n° 108/ 2023, que estabelece a criação do Parque Industrial Logístico Aeroportuário (PILAR) em São Gonçalo do Amarante. O PILAR é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante, visando proporcionar um ambiente propício para a expansão de empreendimentos existentes e a atração de novos, promovendo o crescimento econômico e a geração de empregos.

O PILAR desempenhará um papel fundamental na atração de empreendimentos como o Hub dos Correios, o primeiro centro de distribuição internacional do nordeste, que será construído em São Gonçalo do Amarante. Esta parceria estratégica potencializará ainda mais a capacidade logística da região.

Para o prefeito Eraldo Paiva, o PILAR vai impulsionar a economia local: “Este projeto representa um passo significativo para a atração de investimentos e a geração de empregos em nossa cidade, potencializando a vocação natural e logística da região. Estamos conscientes da competição com outros destinos de investimento e a criação do PILAR nos coloca em uma posição atrativa e competitiva para empresas nacionais e internacionais”, disse.

A localização estratégica de São Gonçalo do Amarante, na confluência de importantes eixos rodoviários, como as BRs 101, 406, 304 e 226, aliada à proximidade do aeroporto internacional e do porto de Natal, confere à região uma vantagem logística inegável.

O projeto do PILAR foi cuidadosamente elaborado em conformidade com as normas vigentes e as melhores práticas de implementação de parques industriais, priorizando a facilidade de acesso, a dinâmica de produção, distribuição e escoamento de mercadorias.

Eraldo enfatizou ainda sua urgência em atrair empresas e gerar empregos. “Nossa gestão já realizou esforços significativos em várias áreas, e agora estamos focados em gerar cada vez mais empregos. Acreditamos que aproveitar o potencial econômico da região é crucial para proporcionar melhor qualidade de vida e inclusão social para nossa população”, comentou o prefeito.

Com uma área total de 507.493 metros quadrados, o PILAR compreenderá 12 quadras e 76 lotes, totalizando 230.509,54m² para construção de galpões comerciais. Além disso, o projeto contempla um estacionamento para veículos de carga com 21.570 metros quadrados. A construção contempla guarita, área cercada, com vias asfaltadas, estrutura de coleta de esgoto e abastecimento de água, drenagem pluvial e estação de tratamento de esgoto. Essa infraestrutura robusta visa oferecer condições ideais para empresas se estabelecerem e prosperarem na região.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *